Home
Presidente
Diretoria
Memória
Sede
Subsedes
Colônia de Férias
Imprensa
Jornal "A Massa"
Boletins
Aposentados


Festa Família Padeiros 2015

Assista aos melhores momentos da Família Padeiros! clique aqui

Confira as Fotos

» Festa de Confraternização

» Papai Noel dos Padeiros 

 

Associados
Departamentos
Benefícios
Serviços
 
Campanha Salarial SP: Assembleia aprova reajuste de 8,10%
03/12/2012
Fotos: Paulo Rogério "Neguita"

 

E a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) terá aumento de 15%

 

O auditório do Sindicato dos Padeiros ficou lotado na noite da segunda-feira (26), em mais uma assembleia da Campanha Salarial 2012/2013, referente à base territorial de São Paulo. Padeiros, confeiteiros e demais profissionais do segmento aprovaram, por unanimidade, a nova proposta do Sindicato Patronal: reajuste de 8,10% (INPC de 5,99% + 2% de aumento real); aumento do Piso Salarial de 8,50% (aumento real de 2,37%); e aumento da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de 15% (aumento real de 8,50%). Os índices passam a ter validade a partir do dia 1º de novembro.

 

Com relação ao Piso Salarial, nas empresas com até 60 empregados, o novo valor será de R$ 934,62; e nas empresas com mais de 60 empregados, o piso sobe para R$ 1.009,36.

 

Já a PLR nas empresas com até 20 empregados ficou em R$ 184,00; com 21 a 35 empregados, R$ 264,50; e com mais de 36 empregados, R$ 350,75. O pagamento da PLR será dividido em duas parcelas. A primeira no quinto dia útil do mês de abril de 2013 e a segunda no quinto dia útil do mês de agosto de 2013.

 

Mais benefícios

 

Os trabalhadores aprovaram também na assembleia: o abono Dia do Padeiro (13 de junho) no total de R$ 65,00; o Adicional Noturno, que passa a ser de 35%; e o Direito à Alimentação dentro das empresas a todos os trabalhadores – uma luta constante do Sindicato que agora faz parte da Convenção Coletiva de Trabalho.  

 

Para o presidente do Sindicato dos Padeiros, Chiquinho Pereira, “as negociações deste ano tiveram alguns avanços, entre eles o reconhecimento do Direito à Alimentação e o reajuste salarial acima da inflação acumulada. O Sindicato, porém, continuará a luta pelo reconhecimento de outras reivindicações, como o da Cesta Básica em todos os locais de trabalho”.

 

 

CONFIRA AS PRINCIPAIS CONQUISTAS DOS TRABALHADORES DE SP

 

Reajuste Salarial: 8,10%

Pisos Salariais:   R$    934,62 (nas empresas com até 60 empregados)

                            R$ 1.009,36 (nas empresas com mais de 60 empregados)

 

PLR (Participação nos Lucros e Resultados): R$ 184,00 (nas empresas com até 20 empregados); R$ 264,50 (nas empresas com 21 a 35 empregados); R$ 350,75 (nas empresas com mais de 36 empregados).

 

Dia do Padeiro: R$ 65,00

 

Adicional Noturno: 35%

 

Alimentação. No caso de a Padaria não fornecer nem refeição e nem lanches, ela concederá tíquete no valor de R$ 10,00 a refeição. O trabalhador pagará R$ 0,20 por refeição.

 

Fotos: Paulo Rogério “Neguita”